Aguarde, carregando...

Economia Dia 30/01/2020 06h09 Por • Augusto Fernandes

O IMPACTO DO CORONAVIRUS NO PIB MUNDIAL E DE ANGOLA

657 visualização

Coronavírus

Um novo vírus que ataca o sistema respiratório e se espalhou a partir da região de Wuhan, na China, preocupa o planeta. Ele pertence à família dos coronavírus, um grupo que reúne desde agentes infecciosos que provocam sintomas de resfriado até outros com manifestações mais graves, como os causadores da Sars (sigla em inglês para Síndrome Respiratória Aguda Grave) e da Mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio).

 

De acordo com as investigações ainda em andamento, o novo coronavírus, que afeta mais de 4 mil pessoas e já matou mais de 100 até o momento, pode ter origem em serpentes ou morcegos — inclusive se especula que a ingestão de um desses animais teria originado o surto. Apesar de um estudo chinês ter encontrado uma relação do novo coronavírus com cobras, não existe consenso entre os cientistas sobre a origem da doença. Muitos apostam que outro animal possa estar envolvido com o início do problema na China..

 

Tudo leva a crer que o novo coronavírus tenha sido originalmente transmitido para o ser humano de um animal e ainda está em processo de evolução e adaptação; tendo a Finlândia confirmado a transmissão de uma pessoa “transmissão interhumana”, nesta quarta feira.

 

 Como o coronavírus pode impactar a economia chinesa


“Agora, crescem as preocupações de que as proibições de viagens em vigor começarão a ter um grande impacto na economia, com alguns especialistas falando em queda de um ponto percentual ou mais para o PIB chinês no primeiro trimestre de 2020”, escreveu Edward Moya, analista de mercado sênior da Oanda.

 

O surto do coronavírus assustou os mercados financeiros na semana passada. Uma das preocupações é que ele se propague de forma semelhante ao SARS, um vírus altamente contagioso que causou pânico global em 2003. Com origem na China, o surto de SARS infectou mais de 8.000 pessoas e matou 774, além do que afetou a economia chinesa. As informações da CNN Business.

 

Segundo o site, naquela ocasião, o PIB da China caiu de um trimestre para outro, com o país enfrentando uma queda acentuada nas viagens e uma expansão mais lenta das vendas no varejo. Ainda assim, a economia do país conseguiu crescer mais de 10% em 2003, segundo o Banco Mundial, um crescimento um pouco mais rápido do que o visto no ano anterior.

 

Outro ponto que preocupa os mercados é que ele não poderia ter ocorrido em pior momento para a segunda maior economia do mundo, que ainda enfrenta o impacto da guerra comercial entre Estados Unidos e China.

 

Mas o surto também pode prejudicar outras economias do globo. Isso porque se a economia da China crescer a um ritmo mais lento do que o esperado, os países europeus que dependem de exportações também poderão ser afetados.

 

Crescimento populacional chinês para 2020 revisto em baixa

Crescimento econômico chinês para 2020 revisto em baixa

*Comércio Externo Angolano (Importação e Exportação)*


Segundo a "síntese dos principais resultados" incluída no Anuário de Estatísticas de Comércio Externo 2018, divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) angolano, no período em análise, a balança comercial de Angola registou um saldo positivo de 6.234.875 milhões de kwanzas (quase 17.000 milhões de euros).

 

Os cinco primeiros destinos das exportações angolanas, cujos principais parceiros são a China (60,28%), Índia (9,27%), Estados Unidos (3,35%), Espanha (3,04%) e África do Sul (2,82%).

 

No "top 5" das importações, no mesmo período, Portugal surge, porém, no segundo lugar (13,67%), só atrás da China (14,56%), e à frente de Singapura (9,64%), Bélgica (6,54%) e Togo (5,95%).

 

O volume de negócios entre Angola e China em 2019 foi de cerca de US$ 26 biliões de dólares, em 2020, com o surto do coronavírus que assola a china no mês de janeiro e fevereiro, prevê – se uma abrandamento do crescimento económico da china no primeiro trimestre de 2020, com isso, antevê - se no primeiro trimestre de 2020 uma diminuição do volume de negócio entre Angola e China, que por sua vez vai diminuir a intensidade das relações comerciais globais do ano de 2020.


Veja também:

Confira mais artigos relacionados.

CONDIÇÕES MACROECONÓMICAS DE ANGOLA
225 visualização
DIABOLIZAÇÃO DAS IMPORTAÇÕES
186 visualização

©2019 - POUPA INVEST - Facilitando a Gestão das suas Finanças Pessoais
© KATUZECO Soluções - Todos os Direitos Reservados