A DESIGUALDADE NOS SALÁRIOS DA FUNÇÃO PÚBLICA DE ANGOLA

As remunerações na função pública não são feitas de forma equitativa. Perceba a discrepância.

Partilhar Postagem pelo /

A DESIGUALDADE NOS SALÁRIOS DA FUNÇÃO PÚBLICA DE ANGOLA
Economia e Politica

23/04/2020 às 10:31 | Visualizações 1469

Em Angola, o governo tem previsto no OGE 2020 a Despesa com Remunerações no valor de 2,1 trilhões kz e tem 380 mil funcionários públicos, a remuneração per capita, por mês, por funcionário público é de 460.526,31 kzs. Porém, a realidade é diferente a distribuição da Remuneração não é feita de forma equitativa, a definição das Remunerações é feita em função da categoria do funcionário público, por exemplo:

 

O presidente da República no final do dia recebe mais de 2.500.000,00 kzs por mês.

 

O operário não qualificado de segunda, no final do dia, recebe 39.707,16 por mês.

 

É uma diferença abismal entre o top e a base.

 

Definições complementares:

 

Salário: Salário é o montante fixo de dinheiro que o empregador paga a um empregado mensalmente, pelos serviços prestados.

 

Vencimento: Vencimento é o valor a que um servidor público recebe, relativo ao exercício de seu cargo. Esse valor é fixado em lei, e não compreende vantagens adicionais.

 

Remuneração: A remuneração é um termo mais amplo do que o salário e o vencimento, pois consiste em bônus, incentivos, opções de ações, regalias, entre outros, além do salário básico do empregado.

 

Para o sector publico Remuneração = vencimento + vantagens pecuniárias permanentes (Subsídios em espécie)

Relacionados

Economia e Politica

22 Oct, 2020

500.000 "EM-PREGOS" -...
Economia e Politica

04 Sep, 2021

E se nomeássemos 'José do...
Economia e Politica

13 Jul, 2020

HÁ COMPETÊNCIA NO CONSELHO FISCAL DO...